21
Julho
21 Julho, 2017 21:30 — 31 Julho, 2017 23:59

A carregar Eventos
  • Este evento já decorreu.

O Walk&Talk – Festival de Artes dos Açores, completa em 2017 a sétima edição e regressa a São Miguel de 14 a 29 de julho, com a segunda passagem pela ilha Terceira marcada para a semana de 29 de setembro a 6 de outubro.

De vocação experimental, o Festival Walk&Talk privilegia a apresentação de projetos inéditos e a sua realização efetiva a programação que é desenvolvida ao longo de todo o ano pela Anda&Fala – Associação Cultural, através de residências que estimulam a criação artística contemporânea, a partir do contexto cultural e geográfico específico dos Açores.

O Circuito de Arte Pública será desenvolvido entre as duas ilhas do arquipélago e conta com a curadoria do coletivo multidisciplinar KWY, que reúne os arquitectos Ricardo Gomes e Gabriela Raposo e o curador Miguel Mesquita, e a participação já confirmada dos artistas SPY (ES) e Mark Clinterberg (CA).

O Programa de Exposições abre com a exposição coletiva na Galeria Walk&Talk, a cargo da curadora romena Diana Marincu, cuja participação é apoiada pelo Instituto Cultural Romeno. Em Ponta Delgada serão ainda apresentados projetos individuais dos artistas Carla Cabanas e João Paulo Serafim e duas exposições satélite.

Os curadores Marta Jecu e Sérgio Fazenda Rodrigues trazem ao Museu Carlos Machado o projeto Exodus Stations, que terá início no mês de maio e consiste num programa de residências e intercâmbio de artistas de três países europeus – Portugal, França e Alemanha. Por via da arte contemporânea, este projeto pretende pensar novas formas de entendimento e produção de conhecimento na esfera da Museologia.

 A bailarina e coreógrafa Vânia Rovisco assina a nova criação de dança contemporânea que estreia a 28 de julho, em coprodução com o Teatro Micalensense e o Arquipélago – CAC. O espetáculo reúne na equipa artística vários criadores açorianos e conta com a colaboração especial de Jochen Arbeit, músico e compositor alemão, fundador da Automat e que passou por bandas como Die Haut e The Jever Mountain Boys.

Na área da música, o Festival Walk&Talk 2017 terá pela primeira vez um ciclo comissariado de atuações e concertos, cuja seleção estará a cargo da promotora e DJ Sonja. Propostas que, como é habitual no festival, vão integrar um cartaz compreensivo de peritos, jovens artistas e criadores consagrados, portugueses e estrangeiros, convidados a protagonizar o programa que se encontra em fase de finalização e irá ligar através das artes as ilhas de São Miguel e Terceira, com residências, novas intervenções em espaços ao ar livre, exposições, performances, sessões de cinema, workshops e conversas temáticas.

 

Programa:

14 de julho

00:00 h – Festa de abertura com a DJ Sonja, na Galeria Walk & Talk (Rua d’Água 18, Ponta Delgada).

Dança / performanceNova Criação com Teresa Silva e Filipe Pereira.

00:30 h – Música: SOUND.EXT

Exposições: Depois do vulcão, na Galeria Miolo (Rua Pedro Homem 45, Ponta Delgada); e Message in a bottle, de Diana Marincu, na Galeria Walk & Talk. Patentes até ao final do festival (29 de julho).

 

15 de julho

Exposições: Naturalis Historiæ – Quando é que se viu pela primeira vez um crocodilo nos Açores? – patente até 2 de setembro; e EXODUS STATIONS, no Museu Carlos Machado – Núcleo de Santo André, às 17:00 h.

Exposição: A matriz e o intervalo, de Carla Cabanas, no Instituto Cultural de Ponta Delgada. Patente até 29 de julho.

21:30 hTeatro: Se eu vivesse tu morrias, no Teatro Micaelense. Mais informações sobre o espetáculo aqui!

22:00 h – Concerto MEDUSA (reflexo), de Ricardo Jacinto – violoncelo solo + electrónica e objectos, no Coreto do Campo de São Francisco.

23:30 h – Música ao vivo com Clothilde, na Galeria Walk & Talk.

 

17 de julho

10:00 às 17:00 h – TALK ABOUT #1 – Message in a Bottle, com Daniela Marincu, na Galeria Walk & Talk.

10:00 às 17:00 h – Summer School – 5 dias (17 a 21 de julho) de acesso direto a um conjunto de artistas e curadores que irão partilhar os seus princípios e métodos de trabalho através de um programa diário de conversas e exercícios. Uma oportunidade de conheceres melhor o seu trabalho e descobrires novos caminhos a explorar dos teus projetos para jovens a partir dos 16 anos de idade. Pré inscrições e mais informações através do mail gallery@walktalkazores.org. Número limitado de inscrições.

 

20 de julho às 21:30 h – Filme: Catherine ou 1786, de Francisca Manuel, no Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, Ribeira Grande. Patente até 30 de julho.

 

21 de julho às 21:30 h – Filme Flores, de Jorge Jácome, no 9500 Cineclube, SolMar Avenida Center.

 

22 de julho às 00:00 h – Rádio Quântica PDL rave#2, no Arco 8.

 

24 de julho às 19:00 h – Instalação ao vivo. Exercício performativo no âmbito da residência artística com a coreografa Vânia Rovisco, que culmina no espetáculo Equanimidade. Na Galeria Walk & Talk.

 

25 de julho às 22:00 hTeatro: Ámen. Texto de Sandra José, co-encenação e interpretação de André Melo, na Galeria Walk & Talk.

 

26 de julho às 21:30 h – Performance: Colecção de Coleccionadores, de Raquel André, no Arco 8. Custo: 5 €.

 

27 de julho às 19:00 hDança: Cortado por todos os lados, aberto por todos os cantos, por Gustavo Ciríaco, no Teatro Micaelense.

 

28 de julho às 21:30 h – Equanimidade – Ânimo Inalterável, de Vânia Rovisco e Jochen Arbeit, no Teatro Micaelense. Custo 10 €.

 

30 de julho – Festa de encerramento: Concerto dos 3rd Method, na Galeria Walk & Talk.

 

Cartaz: DR

PARTILHE ESTE EVENTO: