28
Setembro
21:30 — 22:30
Lisboa – Casa dos Açores
Rua dos Navegantes, 21

Lisboa, 1200-729 Portugal
A carregar Eventos
  • Este evento já decorreu.

Nos dias 27 e 28 de setembro, será lançado o livro Eu Tenho Uma Carta Escrita (Cartas de Maria do Livramento e Cândido Forjaz – 1926-1933), de Alberto Vieira, Cláudia Vieira e Graça Alves. Uma edição Letras Lavadas.

 

No dia 27 de setembro, o lançamento será às 18:30 h, pelas autoras, no Solar da Madre de Deus, em Angra do Heroísmo.

No dia 28 de setembro, será às 21:30 h, na Casa dos Açores de Lisboa. A apresentação do livro será feita pelo autor e pelo Dr. Jorge Forjaz, filho dos autores das cartas contidas no livro.

 

Entre 1924 e 1933, Cândido Pamplona Forjaz e Maria do Livramento de Mesquita Abreu trocaram cartas-diários de amor, entre Angra do Heroísmo e Lisboa, com passagens por São Miguel e pelo Funchal. Esse espólio, a que a equipa do projeto «Memórias das Gentes que fazem a História» do Centro de Estudos de História do Atlântico do Funchal teve acesso, permite reconstituir os quotidianos insulares e continentais e abre portas para uma outra História, vivida e sentida.

Para além da cumplicidade e privacidade, partilhada entre os dois namorados, esta correspondência permite, ao leitor, uma outra visão de uma época marcada pela mudança, pela ansiedade, pela instabilidade política e social que se viveu, naquela época, na capital e nas ilhas. Numa clara apropriação do verso do cancioneiro açoriano, Eu tenho uma carta escrita é um exemplo de como os arquivos familiares e os documentos pessoais são capazes de rasgar o tempo e de servir como fontes históricas.

Em cuidada edição da Editora Letras Lavadas, a obra será apresentada pelo Doutor Alberto Vieira e pelo Dr. Jorge Forjaz (filho dos autores das cartas referidas no livro).

Brevíssima nota sobre os autores do livro:

Alberto Vieira é Doutor em História, membro da Academia Portuguesa da História e Coordenador do Centro de Estudos de História do Atlântico. É investigador convidado do CLEPUL-Lisboa e membro da Cátedra Infante Dom Henrique da Universidade Aberta.

Cláudia Maria Ferreira Faria é bacharel em Técnicas de Turismo, licenciada em Línguas e Literaturas Modernas e mestre em Cultura e Literatura Anglo-Americanas.

Graça Maria Nóbrega Alves é licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, professora numa escola secundária do Funchal e está desde 2010 a prestar serviço no Centro de Estudos de História do Atlântico.

 

Convite: Publiçor

Publicidade

PARTILHE ESTE EVENTO: