16
Março
9:00 — 18:30
Terceira – Auditório do Ramo Grande
Rua Serpa Pinto, 62

Praia da Vitória, 9760-545
Publicidade
A carregar Eventos
  • Este evento já decorreu.

A aposta nas vertentes de Cultura e de Natureza como fatores de desenvolvimento do sector do Turismo constitui o objetivo principal das V Jornadas de Reflexão e Animação Turística, que decorrem de 15 a 17 de março, na Praia da Vitória. A iniciativa, apresentada esta terça-feira, 06, no foyer do Auditório do Ramo Grande, resulta de uma parceria entre a Autarquia praiense e a Associação Regional do Turismo (ART).

Programa das V Jornadas de Reflexão de Animação Turística

No dia 15 de março, quinta-feira, às 14h30, decorrerá a sessão de abertura. De seguida, e subordinado à temática central Potencialidades do Turismo Cultural na RAA, cujo moderador será Eduardo Elias, temos, pelas 15h00 ,a sessão “O Património Baleeiro dos Açores como recurso turístico”, com Manuel Serpa. Pelas 15h20, será abordado o tema “As Potencialidades do Enoturismo”, por Filipe Rocha e Paulo Machado, da Azores Wine Company. Às 15h40 e às 16h00 são apresentados os casos de estudo “O modelo da Ilha de Santa Catarina na Promoção do Turismo Cultural em Fortificações”, com Salvador Norberto Gomes, e “Rota do Românico – Dinamização de um Território com Base no seu Património Cultural”, (a ser abordado por Rosário Machado), respetivamente. Pelas 16h20, realizar-se-á um debate com os diversos oradores presentes, estando previsto para as 16h40 uma pausa para café.

Integrado segunda temática intitulada “Relação entre Património, Natureza e Cultura“, com o moderador Eduardo Dias, decorrerá, pelas 17h10, a sessão alusiva ao tema “Desenvolver Destinos de Turismo Criativo em Cidades de Pequena Dimensão e Áreas Rurais“, da autoria da investigadora Nancy Duxbury. Às 17h30, terá lugar a apresentação da ação “Natureza e Património: A Aliança que Nos Distingue” com Ana Barbosa, da empresa TurAventur – Aventura e Turismo. A última sessão ,prevista para as 17h50, é subordinada ao tema “Recuperação e Sustentabilidade do Turismo Cultural na Representação do Património“, com a presença de José Lino Ramos, da Parques de Sinta – Monte da Lua. O debate com os oradores convidados tem início às 18h10.

O segundo dia, 16 de março, sexta-feira, será dedicado à temática “Carnaval como Produto Turístico na RAA” e contará com a moderação de Humberta Augusto. Às 09h00 haverá a abertura da sessão plenária, seguida do tema “Carnaval: Um Produto Turístico com Potencial ou Não?“, com José Toste, às 09h10. Pelas 09h30,o orador convidado John Martins, fará a apresentação de “Uma Visão sobre a Diáspora“. Às 09h50, decorrerá uma Mesa Redonda, com os respetivos oradores do painel, juntando-se a eles Assunção Melo, Jorge Cunha, José Andrade e Carlos Coelho. Estes temas serão debatidos às 10h40, seguindo-se uma pausa para café.

O painel, que se inicia às 11h30, alusivo à temática “Empreendorismo e Inovação em Turismo Cultural da RAA” tem como moderador Armando Mendes. Catarina Valença Gonçalves, da SPIRA, apresentará “A Importância da Inovação no Turismo Cultural em Portugal – O Papel das Empresas”. De seguida, serão apresentados dois casos de estudo: às 11h50, “Identifying and Leveraging Assets to Engage Cultural Tourists“, por Tina Malott, do New Bedford Whaling Museum, e, às 12h10, “A Unique View of History – The Case of the Ljubljana Caste (Eslovénia)“, por Mateja Avbelj Valentan, da Ljubljana Castle Public Institute. Às 12h30, haverá a apresentação da ideia vencedora do Concurso de Ideias de Negócio para Turismo Cultural, seguido-se um debate final, previsto para as 12h45, e consequente encerramento das Sessões Plenárias, pelas 13h00. No período entre as 15h30 e as 18h30, estão previstos vários workshops.

Nestes dias, as atividades decorrerão no AGR, estando os workshops previstos na Academia de Juventude e das Artes.

As informações detalhadas do evento podem ser consultadas em: https://jrat.eventos.artazores.com

Inscreva-se aqui!

 

Foto: DR

Publicidade

PARTILHE ESTE EVENTO: