Agenda dos Açores

Todos os eventos dos Açores

Tag: Trail (page 1 of 9)

Trilho Pedestre “Terras Chãs”

O Município das Lajes do Pico informa que estão abertas as inscrições para o trilho pedestre “Terras Chãs” que se realizará na freguesia das Ribeiras.

Dia | 29 de julho

Hora | 14h30

Grau de Dificuldade | Difícil

Duração prevista | 4h00

Distância | 6 Km

 

É obrigatório a inscrição! Apenas 12 lugares disponíveis!

Mais informações e inscrições através do n.º 292 679 331 (de segunda a sexta das 8h30 às 16h30)  ou do email desportocmlp@gmail.com

Pico da Pedra Saudável – Trilho Poço Azul – Nordeste

A Junta de Freguesia do Pico da Pedra irá organizar o trilho Terras de Nosso Senhor, na Achadinha, que dá acesso a lindo Poço Azul.

Inscreva-se na Junta e traga calçado e roupa confortáveis, lanche e fato-de-banho.

Caracterização do Percurso:

PM6;

Tipo: Linear;

Distância Aproximada: 4 Km;

Grau de Dificuldade: Médio;

Duração Aproximada: cerca de 2 horas;

Âmbito do Percurso: Ecológico-Cultural.

Percurso:   »»» Padrão das Almas »»» Foz da Ribeira »»»

Este percurso tem início no Padrão das Almas, na freguesia da Achadinha. Ao longo do trilho poderão ser contempladas algumas quedas de água. O percurso termina junto ao mar e o regresso faz-se pelo mesmo caminho.

 

Foto: DR

Trilho Faial da Terra – Salto do Prego

As Juntas de Freguesia do Pilar da Bretanha,  da Ajuda da Bretanha e dos Remédios estão a organizar um trilho pedestre do Faial da Terra ao Salto do Prego.

Ponto de encontro: Igrejas dos Remédios, da Ajuda ou do Pilar.

Inscrições:

Junta de Freguesia dos Remédios – freguesiaremedios@hotmail.com

Junta de Freguesia da Ajuda – jfajudabretanha@sapo.pt

Junta de Freguesia do Pilar – pilardabretanha@gmail.com

 

Trilho

Categoria – Circular
Dificuldade – Médio
Extensão – 4.5 km
Tempo Médio – 2h
Esta pequena rota circular no Faial da Terra tem início junto à paragem dos autocarros. Suba a rua de asfalto até à bifurcação, onde deverá continuar em frente por um caminho de terra, sempre ao longo da margem esquerda da ribeira . Ao longo do trilho a vegetação fica mais cerrada, com o Incenso (Pittosporum undulatum) e a Acácia (Acacia melanoxylon) como espécies predominantes.

Ao chegar a uma ponte sobre a ribeira, atravesse-a para a outra margem e suba até chegar a uma bifurcação, onde deverá seguir à direita para o Salto do Prego. Siga a sinalética até chegar à cascata do Salto do Prego, passando por um caminho à esquerda que faz a ligação com o PR 11 SMI Ribeira do Faial da Terra.

Neste ponto é possível explorar a base da cascata, bem como subir por um trilho até à parte superior da ribeira. Volte pelo mesmo caminho, seguindo à direita na segunda bifurcação, rumo à Aldeia do Sanguinho. Nesta antiga aldeia em recuperação, irá encontrar casas típicas, pequenas quintas agrícolas e vários exemplares de Sanguinho (Frangula azorica), planta endémica dos Açores que dá nome ao local.

Desça pelo caminho serpenteante em pedra de calçada, com cautela devido ao piso escorregadio e grau de inclinação elevado, até chegar à primeira bifurcação do percurso, junto à ribeira. Desça a rua até ao painel inicial, terminando o percurso.

 

Foto: Trail Azores

Trilho da Costa Norte

Percurso pedestre com interpretação ambiental, a fim de identificar a flora e fauna endémicas e dar a conhecer, através da observação in loco, a importância dos geossítios e a história geológica da ilha.

Ponto de encontro no Cristóvão Colombo, à frente da sede dos Escravos da Cadeínha às 13h30

Extensão – 9km | Duração – 4h00 | Nível de dificuldade – médio

Inscrições limitadas e gratuitas até 13 de julho, através de parque.natural.stmaria@azores.gov.pt.

Passeio Pedestre: Quatro Fábricas da Luz

A Junta de Freguesia da Relva irá organizar um passeio pedestre às Quatro Fábricas da Luz. Esta pequena rota linear atravessa locais de grande importância histórica na industrialização da ilha no final do séc. XIX e início do séc. XX, retratando o início da produção e distribuição de energia elétrica, através de fontes renováveis, impulsionado pelo Eng.º José Cordeiro (1867 – 1908).

Comece o percurso no parque de estacionamento do Parque Escutista dos Lagos. Virado para Sul, atravesse a cancela ao lado da ribeira e siga até ao reservatório de água que antigamente abastecia a Fábrica da Cidade (1904 – 1974). Atualmente o reservatório serve a Central Mini Hídrica da Ribeira da Praia, construída em 1990, com início de produção em 1991. Siga pelo caminho à esquerda do reservatório descendo até à Fábrica da Cidade, dois edifícios em ruínas contíguos à ribeira. Continue para Sul passando por um desvio à esquerda para a ribeira, onde pode ver a antiga câmara de carga da Fábrica da Vila.

De volta ao caminho principal e chegando a uma bifurcação, opte pela esquerda até chegar à base de uma das cascatas da Ribeira da Praia. Aqui encontram-se as ruínas da Fábrica da Vila (1899/1900 – 1972), a mais antiga das quatro fábricas. Siga a sinalética, paralelo à ribeira, por uma mata composta maioritariamente por incensos (Pittosporum undulatum) e acácias (Acacia melanoxylon). Chegando a uma área com campos de cultivo, desça de novo até à ribeira, local onde pode disfrutar de um mergulho na Cascata do Segredo, à esquerda, ou optar pelo Poço dos 30 Reis, à direita.

Continue o caminho seguindo a antiga conduta de água até ao Lugar da Praia. Junto ao fontanário, aproveite o desvio à direita e visite o Núcleo Museológico da Eletricidade – Fábrica da Praia (1911 – 1974).

 

Inscrições Grátis

Almoço (churrasco): Sócios e menores de 12 anos – 3€
Não Sócios – 6€

Inscrições na Casa do Povo de Relva e na Junta de Freguesia de Relva – 296 672 143, até 13 de julho.

 

Foto: Trails. visitazores

Festa do Baleeiro 2017

Programa das Festas do Baleeiro 2017

12 de julho – Quarta Feira
– Enfin Tuna – 21h30
– Musix – 22h00

 

13 de julho – Quinta Feira
-João Reis – 21h30
– The Code – 22h00

 

14 de julho – Sexta Feira
– CATL’S – 15h00
– Zumba Kids – 16h00
– Mágico Bruno Melo – 21h00
– Lado Lunar – 22h00
– Dj Helder Cunha – 00h00

 

15 de julho – Sábado
-Trail Run – 9h30
– Zumba Fitness – 14h00
– Tarde Infantil – 15h00
– Tia Maria do Nordeste – 21h00
David Carreira – 22h00
– Dj Fernando Tavares – 00h00

 

16 de julho – Domingo
– Missa Campal – 15h00
– Marcha Infantil e Séniores – 18h00
– Ritmus – 19h00
– Cantigas ao Desafio – 20h30
– Brumas da Terra – 22h00

 

Cartaz: DR

Trilho da Serra Devassa

A Casa do Povo das Sete Cidades em parceria com a Bella Vita Açores – Serviços e Terapias Alternativas – irá organizar um trilho pedestre à Serra Devassa e oferecer um lanche a todos/as os/as participantes!

Inscrições até 3 de julho através do telemóvel 965 042 163.

Ponto de encontro: Casa do Povo das Sete Cidades.

Esta pequena rota circular começa e termina em frente à Lagoa do Canário e tem a duração total de cerca de 2h.

O percurso começa subindo suavemente, contorna uma pequena zona pantanosa e depois sobe mais abruptamente até chegar a um marco geodésico, que assinala o ponto mais alto do trilho. Ao longo desta subida poderá observar, à sua esquerda, o Muro das Nove Janelas, um antigo aqueduto que transportava água para Ponta Delgada, e a Lagoa do Pau Pique, localizada no centro de um pequeno cone vulcânico.

Chegando ao fim da subida, poderá observar a Lagoa do Éguas à esquerda e uma pequena lagoa circular à direita. Um pouco à frente, encontrará um pequeno desvio para um miradouro onde se pode observar as duas lagoas já referidas à esquerda, bem como a Lagoa Rasa à direita.

De seguida, o caminho desce até à margem da Lagoa Rasa, que assinala o ponto intermédio do percurso. Prossiga, contornando a lagoa e, pouco depois, entre na mata de criptomérias que o levará de volta ao ponto de início do percurso.

Este percurso desenrola-se numa zona de altitudes compreendidas entre os 750m e os 900m, sendo por isso aconselhável de o percorrer em dias de boa visibilidade.

 

Foto: DR

Passeio interpretativo – Chá Gorreana

Programa:
09:30 – Ponto de encontro: Parque de estacionamento da Fábrica de Chá Gorreana;
09:40 – Passeio interpretativo.
12.00 – Almoço.

Equipamento:
Aconselha-se roupa e calçado confortável adequado a atividades outdoor e protetor solar.

Organização: Posto de Turismo da Maia – Casa do Povo da Maia;

Parceiros: Fábrica de Chá Gorreana / Junta de Freguesia da Maia / Museu Carlos Machado / Associação Botânica dos Açores.

Inscrições limitadas, devendo ser feitas até às 18h00 do dia 4 de julho, no Posto de Turismo da Maia ou através do seguinte link:
goo.gl/eaG1d5

 

Cartaz: DR

Trilho dos Graminhais ao Pico da Vara

A Câmara Municipal do Nordeste irá organizar um trilho pedestre dos Graminhais ao Pico da Vara, no dia 8 de julho.

Inscrições até dia 7, através do e-mail desporto@cmnordeste.pt  ou pelo telefone 296 480 060.

Este trilho começa na Algarvia e termina no Pico da Vara (ponto mais alto da Ilha de São Miguel: 1.103m). Este trilho era utilizado pelos antigos para aceder ao mato onde faziam produção de carvão e maneio de gado.

O percurso inicia-se num caminho que se localiza dentro de uma mata de criptomérias. Em dias de muita humidade é aconselhável seguir à direita junto às criptomérias pois o piso pode tornar-se muito escorregadio na zona central do caminho.

Depois de cerca de 1 km sempre a subir, a mata de criptomérias termina dando lugar a uma paisagem de vegetação rasteira, maioritariamente constituída por gramíneas que dão o nome ao planalto: Graminhais.

Continuando o percurso chega-se a uma bifurcação onde se deve voltar à esquerda para o Pico da Vara. A partir deste ponto começa-se a observar a costa Sul de São Miguel. Após cerca de 500m encontrará uma marca que indica o local onde caiu um avião Francês em 1949.

A partir desse ponto ficam a faltar 1 500m para chegar ao Pico da Vara. Já perto do seu destino encontrará um primeiro desvio à esquerda que indica Santo António, mas não siga por esse caminho pois ele não apresenta condições de segurança.

Visite primeiro o Pico da Vara, onde se encontra um marco geodésico, e depois inicie então a sua descida.

Este percurso passa numa Zona de protecção especial onde se pode, com alguma sorte, observar o priolo, Phyrrula murina, (ave em risco de extinção).

 

Ponto de encontro: Ribeira dos Caldeirões, Achada do Nordeste.

 

Foto: DR

Trilho Noturno | Iluminar a Sombra Interior na Janela do Inferno

O trilho convida-nos a desafiar a natureza à noite, e a nós mesmos, numa experiência desafiante e profundamente intensa. Um conexão direta com os cinco sentidos e a natureza e que promove o sair fora da nossa zona de conforto. Quem sou eu dentro da minha noite? Consigo olhar-me e amar-me mesmo quando não consigo ver com clareza o caminho?

O que levar?

– Roupas leves, confortáveis e quentes
– Calçado adequado para caminhar em terra e lama
– Pequena merenda (facultativo)
– Pequena lanterna (usada só para o caso de ser necessário)
– Muito amor

 

Inscrições: luispcsenra@gmail.com ou 915 397 624

 

Ponto de encontro: Bar do Pópulo (Praia Pequena).

 

Foto: DR

Older posts

© 2017 Agenda dos Açores

Theme by Anders NorenUp ↑

RSS
EMAIL
Facebook
Google+
http://www.agendadosacores.publicor.pt/tag/trail/
Twitter