Open/Close Menu Todos os eventos dos Açores

Este é o fim‑de‑semana do PDL White Ocean. Mesmo que este ano a festa fosse apenas 10% do ano passado continuará a ser um dos maiores eventos de verão nos Açores. Ele são 22 palcos, 150 artistas, arte viva, seja lá o que isso quer dizer, e, claro, muita animação entre gente imaculadamente vestida de branco. Parece a descrição do céu? Sim, é verdade. Mas um céu que num instante se pode transformar num inferno. Por, isso no Top Azores desta semana deixamos algumas dicas de como pode sobreviver ao PDL White Ocean 2018.

1. Lixívia

Corram já para a secção de ménage e limpeza do supermercado, rápido antes que a especulação faça subir os preços da lixívia. Temos a certeza de que se aguentar até às 5 da manhã sem uma única nódoa o dinheiro é devolvido. E se não for, guarde a lixívia, pois o que não faltam para aí são festas brancas, e, como tal, ainda pode fazer um bom dinheiro se os supermercados entrarem em rotura de stock.

2. Condicionamento de trânsito

O trânsito vai estar condicionado em diversas ruas da cidade, mas o ideal é pensar mesmo numa cidade sem carros. Use uma bicicleta branca ou um cavalo ou mesmo um skate. Desde que seja branco e encoste em qualquer lugar é válido. Neste cenário, o cavalo branco fica em clara desvantagem face às duas outras sugestões de transporte, mas que tem muito mais graça lá isso tem…

3. Carro branco

Como sabemos que o ponto número 2 não é para si, até porque está habituado a parar à porta do Coliseu nos bailes de Carnaval, experimente usar um carro branco. Vai encontrar um lugar na Matriz ou assim. E se não encontrar, deixe mal estacionado ou mesmo em cima do passeio. Não acreditamos que a polícia tenha a coragem de multar um carro branco em plena Festa Branca. Ainda por cima agora, que está tão ocupada com as malas cheias de haxixe…

4. Refeições

Vamos deixar a nota em tom de grande antecipação: os cachorros não vão chegar! Principalmente é melhor não pensar que vai para a Festa Branca e come qualquer coisa por lá. Aqui tem que apelar à sua costela germânica! Planeie com antecedência, reserve, apareça a horas, não beba muito enquanto espera pela comida, pois a noite é longa… E pode ser que a coisa corra bem. Se não correr, também é só parte de uma festa e esta continua até às 5 da manhã.

5. Luvas brancas

Faça uma t-shirt a dizer: «Chapadas de luva branca! Grátis»!

Calce as luvas e ande pelas ruas de Ponta Delgada só para ver o que acontece. Já agora, deixe o número do serviço nacional de emergência memorizado na primeira opção do telemóvel para ser mais fácil ligar quando tiver duas batatas no lugar dos olhos.

6. 22 palcos, 150 artistas

A vida são dois dias, a Festa Branca é só um, mas caramba 150 artistas?! 22 palcos?! Quantas vidas é que são precisas para ver todos estes espectáculos?! E como vemos espectáculos que estão a acontecer em simultâneo?! Ainda dá trabalho esta Festa Branca! E nós a pensarmos que era só aparecer!…

7. Saltos altos

Já se imaginou a andar cerca de 7 horas de um lado para o outro, de palco em palco, de spot em spot, de saltos altos? Para além das muitas pisadelas que vai receber (mas isto acontecerá com qualquer calçado) vai ficar com os pés num bolo, e, acredite, não é um bolo de chocolate com pepitas de chocolate branco! Já agora, e na mesma decorrência, chinelos não.

8. Use um pormenor distintivo para não se perder dos seus amigos

Como já se percebeu, a confusão vai ser mais que muita, mas festa que é festa é mesmo assim. Se não se quer perder dos amigos use uma peça de roupa que o/a distinga dos demais. Um capote e capelo branco, por exemplo. Sabemos que vai fazer um calor brutal lá dentro, mas valem todos os sacrifícios em prol de não se perder dos seus amigos em plena festa branca.

9. Dinheiro vivo

Se os cachorros não vão chegar para todos, quase de certeza que os Multibancos também não. E já agora quem é que quer estar numa fila com doze pessoas à frente, todas vestidas de branco? Aquilo que antes parecia uma festa vai passar a parecer a fila para a medicação na ala de psiquiatria do Hospital Divino Espírito Santo…

10. Bebida

Aqui o conselho é que seja responsável! Use sempre os artigos apropriados para o consumo de álcool como copos, garrafas, etc. Como aqui pode haver uma grande tendência para o uso de plástico, continue a ser responsável, e, por favor, não deixe a Avenida no estado em que fica depois da Batalha das Limas, Santo Cristo e Espírito Santo. Facilita muito a vida se o seu grupo de amigos quiser beber sempre pelo mesmo e único copo.

11. White Friday

É uma espécie de emulação da Black Friday. O comércio fica aberto até mais tarde, oferecendo grandes descontos ou promoções. A primeira dica é ver se o lojista não aumentou o preço de 5 para 10, para depois lhe dar 50% de desconto.

A segunda dica, e fazendo a emulação ao contrário, porque não uma Festa Preta? Assim só para variar? Com 150 artistas pretos, touros à solta, e claro um porco preto no espeto regado com muita cerveja preta. Fica a ideia…

Se depois de tudo isto chegar à conclusão que se calhar o melhor é não ir à Festa Branca, gostávamos de dizer que a sua decisão está errada. É mesmo para ir e divertir-se aos magotes, pois nunca mais terá oportunidade de ver Ponta Delgada como na PDL White Ocean.

Publicidade

PARTILHE ESTE EVENTO:

Logo_footer   

   

error: O conteúdo deste evento está protegido!