16
Março
21:30 — 23:00
São Miguel – Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas
Rua Adolfo Coutinho de Medeiros, s/n

Ribeira Grande, 9600-516
A carregar Eventos
  • Este evento já decorreu.

Uma nova história com Música Portuguesa

Nuno Pinto e Fundação Brasileira

16 mar 2019

21h30

Blackbox

 

Uma maravilhosa forma de viajar sem sair do lugar
Com este programa, propõe-se uma viagem e o reencontro de uma das nossas maiores referências do clarinete, nacional e internacional, com o mundo da Filarmonia. Detentor de uma bagagem musical ecléctica e invulgar, Nuno Pinto acompanhado pela Banda Fundação Brasileira irá fazer-nos viajar pela música tradicional portuguesa, realçando-a com cores e sonoridades de outras paragens e de outros imaginários… Com os temas que propomos e pelo som tão peculiar do Légend conseguimos sentir as nossas tradições, vivenciando um tempo presente em que a sensibilidade dos nossos antepassados se impõe e nos faz sentir a voz do nosso país. O clarinete, instrumento chave das nossas bandas filarmónicas na sua utilização enquanto solista destas formações artísticas, será explorado como nunca foi, por este grande artista. Temos, pois, um novo paradigma clarinetístico neste universo com este programa bem apelativo e diversificado. Juntamos vários ingredientes, criamos uma oferta há muito esperada e vamos certamente proporcionar ao auditório uma experiência extraordinária, única! Sinta-a e diga-nos se não é verdade…

/

Fundação Brasileira

Fundada a 14 de setembro de 1863, no último dia 1 de dezembro de 2018 tornou se a 1º Banda Filarmónica dos Açores a participar num concurso internacional de bandas no exterior – ocorreu no EUROPARQUE, em Santa Maria da Feira no denominado V CIB – FILARMONIA DOURO, organizado pela Associação portuguesa de Bandas.

Temos vindo a desenvolver projetos com artistas nacionais e internacionais como foi o caso dos concertos com Jorge Almeida – 1º Trompete Solista Jorge Almeida da Orquestra sinfónica Portuguesa – Teatro S. Carlos e Bastien Baumet um dos mais prestigiados músicos do mundo em euphonium, entre diversos artistas regionais como Luis Alberto Bettencourt, Vânia Dilac, Coral de S. José, entre outros.

Somos também a Entidade organizadora do Festival das Marés, no qual temos atuado com artistas convidados de enorme relevância do panorama musical português como Rita Guerra, Simone de Oliveira e Raquel Tavares. em 2019 daremos continuidade ao mesmo, indo já para a 4º Edição, sendo já um projeto consolidado.

Realizamos também já diversos intercâmbios pelas 9 ilhas dos Açores, Portugal continental, U.S.A, Ilha da Madeira e de 11 a 15 de Julho do presente ano, temos como destino – Espanha.

Ao longo dos tempos temos assiduamente marcado presença no Teatro Micaelense, Coliseu Micaelense com a realização de diversos projetos culturais. Visamos cada vez mais a criação de projetos culturais, primando pela diferença e inovação, com o intuito único de elevar o nome Açores através da Filarmonia.

Nuno Pinto

Artista das marcas Buffet Crampon e D’Addario Woodwinds, Nuno Pinto é descrito pela imprensa como um “clarinetista de génio” (Daniel Babiloni), “brilhante” (Nicholas Cox) e “ao nível dos grandes virtuosos internacionais do instrumento” (Bernardo Mariano).

Estudou clarinete com Saul Silva, António Saiote, Michel Arrignon e Alain Damiens, em Portugal e França e tem dedicado uma grande parte do seu trabalho à música de câmara e à música contemporânea, sendo membro fundador dos grupos de câmara Camerata Senza Misura, Trivm de Palhetas e Clarinetes Ad Libitum, tendo tocado também com alguns dos melhores músicos da atualidade. É ainda membro do Sond’Ar-te Electric Ensemble.

Enquanto solista ou integrado em grupos de câmara e ensembles, esteve presente nas estreias de mais de 150 obras de 70 compositores e é dedicatário de 23 obras.

Foi solista com várias orquestras e tem participado em Festivais Internacionais de Música na Europa, América e Ásia.

A sua discografia inclui 17 discos com gravações em áreas tão diversas como a música contemporânea, de câmara, ensemble, world music e jazz.

É professor de Clarinete na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo, no Porto.

 

Cartaz: DR

PARTILHE ESTE EVENTO: