30
Junho
10:00 — 18:00
São Miguel – Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas
Rua Adolfo Coutinho de Medeiros, s/n

Ribeira Grande, 9600-516
A carregar Eventos
  • Este evento já decorreu.

O ARQUIPÉLAGO – Centro de Artes Contemporâneas inaugura a 1 de maio a exposição “O olhar divergente – As Residências do Pico do Refúgio como património prospetivo”,  com curadoria de Miguel von Hafe Pérez.

Esta exposição reúne obras de artistas que fizeram parte do programa de Residências Artísticas no Pico do Refúgio, impulsionado por Luís Bernardo Brito e Abreu, desde 2015. São eles Ana Catarina Fragoso, Ana Catarina Pinho, Andrea Santolaya, António Júlio Duarte, Atelier de Lisboa, Carla Cabanas, Cláudia Varejão, Daniel Blaufuks, Duarte Amaral Netto, Graham Gussin, Gustavo Ciríaco, Hun Chung Lee, José Pedro Cortes, João Paulo Serafim, João Valente, Maria Pita Guerreiro e Dion Soethoudt, Miguel Palma, Márcio Vilela, Pedro Vaz, Thurston Moore, Tito Mouraz e Valter Ventura, aos quais se acrescentam os nomes de Luís Bernardo Leite de Ataíde e de Luísa Constantina, num total de 65 obras em exposição.

“O olhar divergente – As Residências do Pico do Refúgio como património prospetivo” estará patente no ARQUIPÉLAGO – Centro de Artes Contemporâneas até ao dia 30 de junho.

 

Foto: Ricardo Pereira

PARTILHE ESTE EVENTO: