29
Janeiro
21:00 — 23:00
Faial – Biblioteca Pública e Arquivo Regional João José da Graça
Rua Walter Bensaúde, 14

Horta, 9900-142
A carregar Eventos
  • Este evento já decorreu.

O FAMILY FILM PROJECT é um festival de cinema que decorre, anualmente, no Porto, tendo vindo a aumentar a sua visibilidade e a sua internacionalização desde a primeira edição, em 2012.
Para além da obrigatória presença portuguesa, o festival tem acolhido filmes provenientes de todo o mundo, entre curtas e longas-metragens.

As sessões da programação competitiva dividem-se, tradicionalmente, em três zonas temáticas: ‘Vidas e Lugares’ (com enfoque no registo voyeurístico, biográfico ou documental de habitats e quotidianos), ‘Ligações’ (centrada nas dinâmicas interpessoais e comunitárias) e ‘Memória e Arquivo’ (dedicada a olhares criativos a partir de testemunhos e de found footage). Há também uma sessão competitiva autónoma dedicada exclusivamente à ficção e animação.

O programa do festival reserva sempre um espaço de destaque para realizadores e artistas convidados de renome internacional, tais como Jonas Mekas (2012), Péter Forgács (2013), Alina Marazzi (2015), João Canijo (2016), Daniel Blaufuks (2018) ou Bill Nichols (2018).

A convite do Cineclube do Faial, o Family Film Project apresenta, na Biblioteca Pública da Horta, nos dias 15, 22 e 29 de Janeiro, alguns dos filmes que integraram as edições anteriores do festival em três sessões, legendadas em inglês, com entrada gratuita.

Na terceira e última sessão sessão, no dia 29 de Janeiro, será composta por 5 curtas-metragens de ficção:

DAD IN MUM de Fabrice Bracq (2014 / FRANÇA / FICÇÃO / 6′)
“A meio da noite ouvem-se gemidos no quarto. Atrás da porta dos pais, duas irmãs fazem perguntas.”
.
LISTEN de Hamy Ramezan Rungano Nyoni (2014 / ESPANHA / FICÇÃO / 12′)
“Uma mulher estrangeira com uma burka traz o seu filho para uma delegacia de polícia de Copenhaga para apresentar uma queixa contra o marido abusivo, mas o tradutor designado para ela não parece disposto a transmitir o verdadeiro significado de suas palavras. Um tenso filme de diamante-duro sobre o isolamento cultural e a ignorância burocrática.”
.
HOME de Daniel Mulloy (2016 / SUÍÇA / FICÇÃO / 20′) “Uma família, liderada pelo pai, sai para o que parece ser um dia de férias. No entanto, fica claro que eles estão, na verdade, a deixar a segurança de um subúrbio arborizado para atravessar a Europa e entrar numa zona de guerra. Enquanto viajam, as garantias do pai soam vazias, pois o pai soçobra sob grande stress e a força da mãe assume o controlo. Íntimo e comovente, o filme chega a uma verdade através da sua premissa absurda de inverter a jornada de refugiados.”
.
WHAT REMAINS de Liv Scharbatke (2012 / ALEMANHA / FICÇÃO / 5′)
“Uma sala de estar alemã da década de 1940, abandonada, como uma fuga precipitada. O que resta são fotografias na parede, memórias, que ganham vida e nos contam a história trágica de um grande amor que não deve acontecer.”
.
MEMORIAM de Andreia Pereira e Rita Manso (2018 / PORTUGAL / FICÇÃO / 7′)
“Uma mulher de 65 anos sofre de demência. Isolada do mundo exterior, confinada às quatro paredes da sua casa, procura o consolo de um álbum de memórias. Ao folhear as páginas, na sua divagação, confronta-se com a realidade da sua condição médica, a qual cria entrave à construção de identidade e autoimagem, vendo a sua individualidade, construída ao longo dos anos, distorcida diante dos seus olhos.”

 

Entrada livre.

 

Foto meramente ilustrativa: DR

PARTILHE ESTE EVENTO:

Detalhes

Data:
Janeiro, 29
Hora:
21:00 - 23:00
Categorias de Evento:
,
Etiquetas de Evento:
, , , ,