Open/Close Menu Todos os eventos dos Açores

João Paulo II foi, até agora, o único Papa que visitou os Açores. O grande acontecimento ocorreu a 11 de maio de 1991, durante a segunda visita que este realizou em Portugal ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima.

Esta visita, de apenas algumas horas, traduziu-se numa celebração eucarística, em Angra do Heroísmo (ilha Terceira) e numa Celebração da Palavra, em Ponta Delgada (ilha de São Miguel), só possível graças à concertação entre autoridades religiosas e civis, nomeadamente a Diocese de Angra e a Presidência do Governo Regional dos Açores com o Vaticano.

Neste Top Azores, poderá recordar ou até ter conhecimento deste facto, com algumas curiosidades e registos video e fotográficos.

Eucaristia na ilha Terceira

Imagem retirada do vídeo “Papa visita os Açores”, dos Arquivos RTP

Na ilha Terceira, a celebração realizou-se junto à Praça de Toiros, onde em cuja capelinha o Papa João Paulo II se paramentou, enchendo o espaço de milhares de fiéis e curiosos

Fonte: José de Mello, na página de Facebook História dos Açores

O Papa fez questão, apesar das poucas horas que poderia despender na ilha, de visitar a Catedral da Sé de Angra, recolhendo-se em adoração diante do Santíssimo.

Foto: João Moniz, na página de Facebook História dos Açores

A título de curiosidade, o site da Igreja Açores disponibiliza a prelecção da Homilia dada por João Paulo II em Angra do Heroísmo. Caso queira lê-la, clique aqui!

Durante a homilia, o Sumo Pontífice, segundo o padre Francisco Dolores, um dos organizadores da visita de João Paulo II a Angra, «apelou à nossa tradição, rica de experiência humana e de sabedoria cristã. Reafirmou o papel fundamental da Família, o respeito pelos idosos, o cuidado dos doentes o acolhimento e solidariedade mútua. Apelou à oração nos lares. Recordou o nosso Padroeiro diocesano Beato João Baptista Machado e Bento de Góis.

No almoço, realizado na Casa de Retiros de Santa Catarina, Pico da Urze, recebeu o pedido de canonização do Beato João Baptista Machado, Patrono do Emigrante açoriano».

Celebração da Palavra em São Miguel

Foto retirada do blog Cantinho da Heidi.

Em São Miguel foi construída uma instalação própria para acolher o Papa, junto ao Forte de São Brás. A área destinada ao povo, com meios de amplificação sonora, alargava-se pelo Campo de São Francisco e a Avenida Marginal, que ficaram completamente cheios, após o jornalista Pedro Moura, em intervenção direta do ainda “aeroporto da Nordela” apelar veementemente a que as pessoas viessem para o Campo de S. Francisco que se encontrava vazio e com muito espaço, pois estas se encontravam em massa no aeroporto.

Além do povo micaelense, quem também veio “saudar” o Papa foi o Senhor Santo Cristo dos Milagres que saiu pela primeira e única vez até aos dias de hoje do Coro Alto do Santuário da Esperança para a rua sem ser durante as festas em sua honra.

Fonte: José de Mello, na página de Facebook História dos Açores

Para o provedor da Irmandade do Senhor Santo Cristo dos Milagres, a apoteose da chegada de Sua Santidade, foi o facto de, contrariando todas as indicações de segurança, se ter aproximado da multidão que o aguardava ovacionando-o e foi cumprimentando as crianças e pessoas mais próximas.

É então que se dirige para o local da “celebração” cumprimentando uma a uma as pessoas que ali se encontravam e que terminavam pela Mesa da Irmandade ao pé da Imagem do Senhor. Segundo o provedor, quando João Paulo II viu a Imagem do Senhor Santo Cristo dos Milagres «não mais tirou os seus olhos da Imagem», «dirigiu-se para a Imagem desviando a almofada que havíamos colocado para o efeito (uma relíquia do Convento – a almofada que fora feita para a visita do Rei D. Carlos em 1901) e ajoelhando no chão em profunda oração e recolhimento», e que «foi preciso o Sr. D. Aurélio [Bispo de Angra, na época] ir chamá-lo para que a celebração prosseguisse. E foi com ar estranho de quem foi retirado de um momento que não queria que terminasse, que o Santo Padre João Paulo II foi prosseguir com o programa que estava previsto».

Fonte: José de Mello, na página de Facebook História dos Açores

Segundo João Bosco Mota Amaral, foi elaborado um tapete de veludo vermelho bordado expressamente para que o Papa o pisasse ao tocar o solo das ilhas. Tapete esse que se encontra emoldurado no átrio do Salão de Honra do Aeroporto João Paulo II, em Ponta Delgada.

A título de curiosidade, o site da Igreja Açores disponibiliza a prelecção da Homilia dada por João Paulo II em Ponta Delgada. Caso queira lê-la, clique aqui!

Homenagens posteriores

Foto: DR

O aeroporto de Ponta Delgada, anteriormente conhecido por Aeroporto de Nordela, foi denominado posteriormente de João Paulo II, em homenagem a tão ilustre passageiro

Foto: Zé Orlando Photography, in “Olhares”

Já a cidade de Angra do Heroísmo resolveu dar o nome do Santo Padre ao seu estádio, inaugurado a 24 de março de 1992, e, é atualmente,um dos mais importantes complexos desportivos dos Açores.

Foto: Câmara Municipal de Ponta Delgada

Mais tarde, mais precisamente a 1 de novembro de 2016, a Câmara de Ponta Delgada inaugurou uma estátua de João Paulo II no aeroporto da ilha de São Miguel, 25 anos após a visita deste papa ao arquipélago.

Nesse sentido, a autarquia celebrou um protocolo com a ANA, empresa que gere os aeroportos nacionais, tendo em vista a cedência do espaço para a localização da estátua, da autoria do escultor Álvaro Raposo França.

A visita de um Papa às nossas pequenas ilhas é, de facto, um grande acontecimento que deve ter emocionado, certamente, muitos cristãos católicos açorianos. Queremos saber se o testemunhou em primeira mão e o que sentiu.

Comente aqui ou na página de Facebook da Agenda dos Açores.

Se gostou deste artigo, também deverá gostar de:

Top Azores: A Tradição dos Romeiros de São Miguel. A experiência na primeira pessoa.

Top Azores: 6 Curiosidades sobre a tradição do Cantar às Estrelas na Ribeira Grande

Top Azores: Angra do Heroísmo – Património Mundial da UNESCO

Top Azores: 10 coisas para fazer no Santo Cristo

Top Azores: 10 coisas que não conseguimos fazer neste Santo Cristo

PARTILHE ESTE EVENTO:

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

Logo_footer   

   

error: O conteúdo deste evento está protegido!